Quadrilha que atacou caixas eletrônicos em Irani é liberada

 

Pouco mais de 30 dias, este foi o período que a quadrilha acusada pela autoria das explosões aos caixas eletrônicos das Agências do Banco do Brasil e Santander na cidade de Seara em 14 de julho, ficou presa.

 

O bando que também atacou a base da Polícia Militar (PM) daquela cidade, foi capturado no final de outubro na cidade de Joinville, em uma mega operação que envolveu mais de 60 policiais da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Concórdia e Joinville.


No momento da prisão, a polícia apreendeu com os criminosos duas armas e várias ferramentas usadas para arrombamento de caixas e cofres. O nome dos envolvidos não foi revelado por se tratar de um processo que corre em segredo de justiça e os mesmos responderão em liberdade.

Imagens arquivo

 

 

 

 

Qua 05

Fonte: Jornalismo Rádio Cultura / Flavio Carvalho

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425