Policia Civil de Xaxim esclarece homicídio

ATUALIZADA - Policia Civil de Xaxim esclarece homicídio

 

O crime ocorreu por volta das 16h00 no Bairro Alvorada perto da Escola Custódio de Campos. O jovem Claiton André Rizzi foi alvejado com um disparo de arma de fogo no pescoço, não resistiu e foi a óbito.

 

A primeira versão apresentada por duas testemunhas dois irmãos naturais de Castanhal no Pará, um de 18 anos e outro menor com 17 anos, foi a de que Claiton estava em um casa e tentou evitar o roubo de uma motocicleta, após entrar em luta corporal com o suposto assaltante acabou levando um tiro. Os dois jovens afirmaram que o autor fugiu a pé do local, mas não souberam informar as características dele.

 

Após ouvir os dois jovens a polícia achou contraditória as versões colhidas em depoimento e retornou no local do crime juntamente com o Instituto Geral de Perícias.  Depois de algum tempo na casa a arma do crime foi encontrada um revólver calibre .38 no forro do banheiro da residência. Os dois jovens a principio apenas testemunhas acabaram confessando o crime, alegaram porém que estavam brincando com a arma quando o disparo ocorreu e que a própria vitima manuseava o revólver. 

 

A casa local do crime, pertence a mãe e padrasto dos dois irmão, que estavam viajando no dia do crime. 

 

Segundo o Delegado de Policia de Xaxim Fernando Callfass o caso está esclarecido, mesmo faltando ouvir algumas testemunhas para o desfecho do trabalho. O Delegado afirma que trata-se de um "Homicidio Doloso" com dolo eventual, ou seja quando não se tem a intenção mais quando se assume o risco de produzir o resultado.

 

O caso deve ser concluído em até 10 dias quando for encaminhado o processo para o fórum da comarca e representar a internação do menor de idade que permanece na Delegacia de Xaxim. O outro jovem que é maior de idade foi preso encaminhado para o Presídio Regional de Xanxerê autuado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo pelo fato de ter assumido que foi ele quem escondeu a arma. Ele poderá ainda responder pelo dolo eventual do crime. 

 

Em relação a origem da arma utilizada, Callfass afirma que ela foi adquirida pelo adolescente há cerca de 14 dias em Xaxim pelo valor de R$ 150,00 sem o conhecimento dos pais. Os dois irmãos detidos não possuem passagens policiais.

 

 

 

 

Jornalismo Rádio Cultura / Alvaro Busetto

Contribuição de Flávio Carvalho 

Revolver

Fonte: Jornalismo Rádio Cultura / Alvaro Busetto

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425