Chapecoense vence o Grêmio e embala no Brasileirão

 

Pela primeira vez a Chapecoense venceu o Grêmio em campeonatos brasileiros mas com gol de um artilheiro já conhecido, Bruno Rangel. O atacante marcou o gol da vitória na noite desta quarta-feira, na Arena Condá, aos 31 minutos do segundo tempo, de cabeça, após cobrança de falta de Cléber Santana. Com o resultado aChapecoense vai a 19 pontos e Rangel mostra que está ressurgindo após um 2014 apagado e um início de temporada na reserva.

Foi o segundo gol dele no Brasileirão, ambos na Arena Condá. E foi o grito de independência da Chapecoense em relação à dupla Gre-Nal. No ano passado já havia metido 5 a 0 no Inter. Faltava o Grêmio, que tinha três vitórias em três jogos. Agora não falta mais.

Rodrigo Faraco analisa a rodada dos catarinenses

O primeiro tempo foi bastante movimentado, com chances de gol para os dois times. O primeiro lance de perigo foi do time visitante, num chute de fora da área de Maicon, que passou perto do gol de Danilo.

Na Chapecoense a principal jogada de ataque era com Apodi, que além de apoiar também chegou finalizando, obrigando Marcelo Grohe a fazer boa defesa. Giuliano também obrigou Danilo a se espichar para evitar o gol e mandar a bola para escanteio.

O jogo era lá e cá. Apodi cruzou na área e Camilo chegou de carrinho para desviar, mas não o suficiente para marcar o gol.

Mas o principal lance do primeiro tempo foi aos 39 minutos. Luan desviou cruzamento dentro da área e Pedro Rocha mandou a bola no poste. Na sobra, Marcelo Oliveira mandou no travessão. Ainda bem que bola na trave não altera o placar, como diz uma música do Skank.

No início do segundo tempo foi a vez de a Chapecoense quase marcar duas vezes no mesmo lance. Apodi chutou, Grohe rebateu e o zagueiro Geromel quase fez contra.

A torcida da casa se animou quando o técnico Vinícius Eutrópio chamou Maranhão e Tiago Luís, próximo dos 20 minutos. Principalmente porque era a reestreia de Tiago, que jogou no Verdão na temporada de 2013/2014, conquistando o vice-campeonato da Série B e a permanência na Série A.

Chapecoense foi para cima e conseguiu uma falta no lado direito de ataque. Cléber Santana cruzou na área e Bruno Rangel apareceu fulminante, mandando para o fundo das redes. É a segunda vitória seguida da equipe catarinense no campeonato.

CHAPECOENSE-1: 
Danilo, Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Bruno Silva, Elicarlos, Cléber Santana, Camilo (Tiago Luís) e Hyoran (Maranhão); Bruno Rangel (Wanderson). Técnico: Vinícius Eutrópio.

GRÊMIO-0: 
Marcelo Grohe, Rafael Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Edinho (Braian Rodrigues), Maicon, Giuliano e Douglas; Luan (Mamute) e Pedro Rocha (Fernandinho). Técnico: Roger.

Gol: Bruno Rangel, aos 31 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Flávio Rodrigues Guerra, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (trio de SP) 
Cartões Amarelos: Wanderson (C);Pedro Rocha (G)

Local: Arena Condá, em Chapecó
Público: 13.916
Renda: R$ 466.180

Chapecoense

Fonte: Diário Catarinense

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425