Chapecoense sofre dois gols em 19 minutos e é derrotada pelo Avaí

Em partida de dois tempos distintos, a Chapecoense perdeu para o Avaí na noite deste domingo (12), pela 13ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. No primeiro tempo do duelo na Ressacada o Leão da Ilha foi melhor e, em 19 minutos, balançou as redes duas vezes. Na segunda etapa foi a vez do Verdão ser melhor. Descontou logo no início, pressionou, mas não conseguiu reverter o placar adverso da primeira etapa. O time da casa ainda desperdiçou uma penalidade, no mínimo duvidosa, na segunda etapa.

O time da casa abriu o placar aos nove minutos com Emerson, que deu uma casquinha na bola após escanteio cobrado por Renan Oliveira. No lance, o zagueiro contou com a falha do goleiro verde e branco Danilo, que saiu mal e não achou a bola. O segundo tento avaiano, aos 19 minutos, foi marcado por Willian, que escorou cruzamento rasteiro feito por Roberto. Falha de marcação coletiva do sistema defensivo do Verdão, que deixou o camisa 9 livre de marcação. Já o gol da Chapecoense, logo aos dois minutos da segunda etapa, foi marcado por Bruno Rangel - artilheiro da equipe na competição com três gols.

Com a derrota, a Chapecoense tem a sequência de duas derrotas interrompidas, permanece com 19 pontos e na nona colocação. Já o Avaí, com o triunfo, voltou a vencer após seis rodadas, foi a 16 pontos e subiu para a décima terceira colocação.

Na próxima rodada, no domingo (19), às 11h, a Chapecoense encara o Atlético Paranaense na Arena da Baixada.  No mesmo dia, mas às 18h30, o Avaí enfrenta o Cruzeiro no Mineirão.

O jogo

A Chapecoense entrou em campo repetindo pela terceira vez a escalação. No entanto, pelo menos no primeiro tempo, não conseguiu repetir o bom futebol demonstrado nas últimas duas rodadas do Brasileirão, nas vitórias sobre Vasco e Grêmio, e foi dominada pelo Avaí, que abriu o placar logos aos nove minutos. Renan Oliveira cobrou escanteio no primeiro poste, o zagueiro Emerson deu uma casquinha na bola, Danilo saiu mal, não achou nada, e a bola foi parar no fundo das redes: 1 a 0. O segundo gol avaiano não demorou a sair. Aos 19 minutos, Roberto avançou pela direita e cruzou rasteiro. Livre de marcação, cara a cara com o goleiro Danilo, Willian só teve o trabalho de completar para o fundo do gol.

A melhor e única chance clara de gol do Verdão foi aos 35 minutos, com Bruno Rangel. Após furada de Jéci, BR9 invadiu a área e chutou forte, cruzado, as mandou para fora. O time da Capital ainda quase marcou o terceiro. Renan Oliveira recebeu na direita, invadiu a área, cortou para o meio e bateu rasteiro. Danilo fez boa defesa e salvou.

Bruno Rangel comemora com Hyoran o gol verde e brando na Ressacada (Foto: Cleberson Silva/ Divulgação Chapecoense)Bruno Rangel comemora com Hyoran o gol verde e brando na Ressacada (Foto: Cleberson Silva/ Divulgação Chapecoense)

Verdão marca logo no início, pressiona, mas não consegue o empate

A Chapecoense voltou do intervalo com uma modificação. Bruno Silva sentiu uma pancada no joelho e deu lugar a Wanderson. No entanto, a maior mudança realizada no intervalo foi a de postura. O Verdão foi outro no segundo tempo e, pelo menos, poderia ter retornado a Capital do Oeste com um ponto.

Logo aos dois minutos, Cléber Santana recebeu no meio, carregou e deu ótimo passe para Bruno Rangel. BR9 dominou e, com um biquinho na bola, tirou do goleiro Vagner para diminuir o placar. Três minutos depois, quase o empate. Apodi levantou a bola na área, o goleiro Vagner afastou mal e Hyoran bateu de primeira. Há um metro do gol, o zagueiro Jéci apareceu para salvar o segundo verde e branco.

Eutrópio apostou nas entradas de Tiago Luis e Maranhão nas vagas de Hyoran e Camilo, respectivamente. Mas foi o time de Gilson Kleina que quase marcou o terceiro. Aos 33 minutos, Neto desarmou Pablo dentro da área. O jogador avaiano desabou e o árbitro Heber Roberto Lopes caiu na dele. Pênalti. Na cobrança, Willian bateu forte, no meio do gol, e carimbou o travessão, fazendo justiça a penalidade, no mínimo duvidosa, assinalada em favor da equipe da Capital do Estado.

No fim, o Verdão quase chegou ao gol de empate. Aos 46 minutos, após bate-rebate na área avaiana, Neto aproveitou e chutou cruzado. A bola ainda passou muito próxima de Bruno Rangel, que não alcançou, e saiu pela linha de fundo.

Chape

Fonte: Tudo Sobre Chapecó

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425