Inter derrota Joinville por 2 a 0 e sai da zona de rebaixamento

O Inter venceu o Joinville por 2 a 0 na tarde deste domingo e saiu da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vitória de casa do Colorado na competição. Réver, de cabeça, e Vitinho, de pênalti, marcaram os gols da partida. Na próxima quarta-feira, os comandados de Diego Aguirre enfrentam o Tigres, na primeira partida da semifinal da Libertadores, no estádio Beira-Rio, às 22h. Pelo Brasileiro, o Colorado volta aos gramados no próximo sábado, às 18h30min, para enfrentar o Goiás, em Porto Alegre. 

O jogo

Desde o apito inicial, o Inter dominou as ações ofensivas e pressionou os donos da casa. A primeira oportunidade surgiu aos nove minutos. Vitinho invadiu a grande área, chutou, mas a bola atravessou a pequena área do Joinville e saiu à esquerda de Agenor. Depois desse lance, o Inter seguiu com volume de jogo e utilizando as laterais e a velocidade para tentar abrir o placar. Aos 16, Taiberson foi derrubado por Douglas Silva e caiu dentro da área, mas o árbitro entendeu como jogada normal e mandou a partida seguir.

Aos 28, Vitinho avançou do campo defensivo, chegou na intermediária e bateu forte, mas a bola saiu alta à esquerda da meta de Agenor. Quatro minutos depois, o Inter abriu o placar. Após escanteio da direita de ataque, Réver subiu entre os marcadores e cabeceou para o chão, sem chances para Agenor: 1 a 0. 

Até a abertura no placar, o time catarinense não havia criado nenhuma chance de gol contra a meta do Colorado. Com o resultado, passou a buscar mais a posse de bola e tentar chegar a área gaúcha. Aos 39, Marcelo Costa cobrou falta da direita de ataque e Muriel afastou o perigo tapeando a bola para fora da área. 

Quatro minutos depois, Taiberson caiu dentro da área após carrinho de Rafael Donato e o árbitro Francisco Carlos do Nascimento marcou o pênalti. Na cobrança, aos 44, Vitinho chutou no canto direito de Agenor, que saltou para o esquerdo: 2 a 0.

Na segunda etapa, atrás no placar, o clube catarinense tentou pressionar o Colorado nos primeiros minutos, mas sem conseguir furar o bloqueio defensivo armado pelo Inter. Aos sete, Sasha entrou na vaga de Rafael Moura. Onze minutos depois, Diego passou por Taiberson, se livrou de Wellington, e chutou rasteiro. Muriel afastou o perigo tocando a bola pela linha de fundo. Um minuto depois, Marion fez jogada individual e, de fora da área, acertou um belo chute no travessão do Inter.

Aos 20, Vitinho deixou o gramado para a entrada de Bertotto. Quatro minutos depois, Taiberson avançou pela direita e cruzou. Sasha subiu sozinho e cabeceou por cima do travessão. Após o lance isolado, o Joinville voltou a pressionar. Aos 33, Zé Mário entrou na vaga de Artur, que deixou o gramado reclamando de um problema físico. Um minuto depois, Crispim cobrou falta da entrada da área, mas a bola passou próximo ao poste superior de Muriel.  Após esse lance, as duas equipes alternaram o domínio da posse de bola, com o Joinville tendo um pouco mais de presença no campo ofensivo. 

Brasileirão – 13ª rodada

Joinville
Agenor; Dankler, Rafael Donato (Guti), Douglas Silva e Diego; Anselmo, Fabrício, Marcelo Costa e Lucas Crispim; Marion e Kempes.
Técnico: Adilson Batista

Inter
Muriel; Wellington, Eduardo, Réver e Artur; Nico, Nilton, Anderson e Taiberson; Vitinho (Bertotto) e Rafael Moura (Sasha).
Técnico: Diego Aguirre.

Gol: Réver (32min/1ºT) e Vitinho (44min/1ºT)
Cartões amarelos: Sasha, Wellington e Muriel (I) e Marion, Fabrício e Kempes (J)

Local: Arena Joinville
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL). 
Assistentes: Bruno Boschilia (PR/Fifa) e Pedro Jorge Santos de Araujo (AL)

Inter

Fonte: Correio do Povo

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425