OPERAÇÃO MANDRAKE

 

Xaxim - A Polícia Civil de Xaxim pediu a prisão preventiva de mais um integrante da quadrilha que fraudava as multas do Detran-SC. Até agora quatro pessoas foram presas, duas delas do município de Xaxim – considerado pelo delegado Fernando Callfass 'o coração' do esquema de fraudes.

O Delegado Fernando Callfass em contato com a reportagem do Diário Data X desmentiu o boato de que o suspeito estaria foragido. “Ele não é considerado foragido. Apenas a Polícia Civil ainda não conseguiu cumprir o mandado de prisão”.

Ainda segundo Callfass, o processo corre em segredo de justiça e os nomes dos envolvidos ainda não podem ser divulgados.

A Operação Mandrake
A Polícia Civil de Xaxim realizou na manhã do dia 5 de outubro o cumprimento de dois mandados de prisão preventiva e quatro conduções coercitivas - forma impositiva de levar acusados, investigados e testemunhas para depor independentemente de suas vontades.

A denominada Operação Mandrake investigou por mais de três meses um grande esquema em que centenas de pessoas – principalmente dos municípios de Xaxim, Marema e Lajeado Grande – foram beneficiadas com o não pagamento de multas de trânsito que foram abolidas através de recursos fantasmas inseridos no Detran de Florianópolis.

Quatro pessoas foram presas sendo duas delas de Xaxim: um proprietário de Autoescola e um ex-diretor municipal de trânsito.

Plantao de policia

Fonte: Portal DX

Linha
Player de Streaming

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425