Chape efetiva liderança do Catarinense

 

O Verdão do Oeste entrou em campo a noite da quarta-feira (29) com partida iniciada as 21h45 válida pelo segundo turno do Catarinense, e com jogo em casa a Chape reverteu a partida contra o Brusque.

O Brusque apresentou um formato de jogo pontual no primeiro tempo, apesar da Chapecoense ter chegado de forma mais intensa mas sem efetivar boas finalizações, com uma defesa muito bem organizada o time visitante saiu na frente com um gol de falta cobrada pelo camisa 11 Jonatas Belusso. Até os minutos finais a partida não apresentava mudanças e a Chape tinha dificuldades de organizar jogadas pela esquerda e o meio campo estava sem a movimentação necessária para fazer a bola girar e chegar no ataque. Nos acréscimos para aliviar a tensão após uma bola sobrada no centro da entrada da grande área Dodô chutou forte e de primeira e a bola achou por bem parar no ângulo direito do goleiro Rodolfo do Brusque, golaço do camisa 26 da Chape para sacramentar o empate ao final do primeiro tempo.

Na segunda etapa nitidamente um novo formato de futebol foi apresentado pelo Chapecoense que imprimiu mais jogadas de qualidade do que o adversário. O goleiro Rodolfo teve muito trabalho e fez duas importantes e difíceis defesas logo de cara no segundo tempo. Mancini fez alterações na equipe, tirou Dodô e colocou Niltinho que voltava de lesão, depois saiu Túlio de Mello para a entrada de Welligton Paulista e fechando as substituições saiu Arthur Kayke para a entrada de Apodi. Com esta última alteração João Pedro passou a jogar pelo meio de campo e apresentou—se muito bem na posição alternativa feita por Mancini.

O segundo gol saiu por conta de Grolli após uma cobrança de escanteio, o defensor da Chape colado no seu marcador conseguiu ser superior e colocou de cabeça para dentro da rede do Brusque. O terceiro saiu após uma tabela entre João Pedro pelo meio com Welligton Paulista que devolve a bola para o camisa 2 da Chape que com muita velocidade e dribles rápidos chegou a frente do gol de Rodolfo e colocou rasteiro no canto contando o terceiro para o Verdão do Oeste. E para fechar a goleada de virada saiu o quarto com Rossi depois que Reinaldo cruzou com qualidade encontrando o camisa 7 livre para marcar o quarto e último gol da Chapecoense na Arena Condá.

Com público foi de 6.439 (total) com renda de R$ 99.075,00 um dos momentos mais bonitos de toda a partida foi quando a torcida começou a embalar o time com o hino “vamo vamo chape” e com as lanternas dos telefones celulares ligados, dando um toque especial ao jogo na Arena.

Uma informação de bastidores é que a Chapecoense começa olhar mais de perto o jogador do Brusque Jonatas Belusso, nem uma negociação foi iniciada ainda, mas o Verdão demonstra interesse pelo camisa 11.

Você acompanha os jogos da Chape pela Cultura AM com a equipe Olho no Lance pelo rádio na frequência 1490, pelo aplicativo para celular ou na internet no radioculturaxaxim.com.br.

 

Fotos: Rodrigo Goulart Diário do Iguaçú

Jogo

Fonte: Jornalismo Rádio Cultura / Alvaro Busetto

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425