Inter vence o Cruzeiro e pega o Caxias na semifinal

O Inter venceu o Cruzeiro por 2 a 0 neste domingo, no estádio Vieirão, em Gravataí, e avançou para as semifinais do Campeonato Gaúcho de 2017. Se quiser chegar ao heptacampeonato, precisará passar pelo Caxias e depois pelo vencedor dos confrontos entre Grêmio e Novo Hamburgo. Os jogos serão marcados pela Federação Gaúcha de Futebol no decorrer da semana. 

 

O Colorado agora muda o foco para o primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil, contra o Corinthians, na próxima quarta-feira, às 21h45min, no estádio Beira-Rio. A partida de volta está marcada para o dia 19, no mesmo horário, no Itaquerão.

 

 

Inter amplia a vantagem do primeiro jogo

 

O jogo começou com as duas equipes buscando o ataque, mas, rapidamente, os donos da casa conseguiram ganhar terreno e passaram a pressionar o Inter em seu gramado. Usando as laterais para tentar superar a defesa do Colorado, o Cruzeiro criou duas oportunidades nos primeiros 20 minutos, ambas de cabeça. Na primeira, a seis minutos, Kozlowski testou, após cruzamento de Sander da direita, e a bola foi nas mãos de Lomba. Dez minutos depois, Kozlowski cruzou da direita e Alagoano cabeceou próximo ao poste direito de Lomba. O Colorado só foi levar algum perigo a meta de Deivity aos 23 minutos. William cruzou da direita, a bola bateu na marcação e, no rebote, de costas e de puxeta, Nico López chutou, mas o goleiro fez boa defesa.

 

Aos 24, Kozlowski lançou Lucão. O atacante pegou a bola na linha de fundo, cortou para trás e bateu na saída de Lomba, que fez a defesa, jogando a esférica para escanteio. Dois minutos depois, após cobrança de falta, Nico López deu um passe no meio da área para Roberson, sem marcação e na frente do goleiro, mas o atacante optou por passar para Victor Cuesta. O argentino, também sem marcação, chutou sem chance de recuperação para o goleiro Deivity, que havia saído no meia: Inter 1x0.

 

Após o gol, o Cruzeiro tentou uma reação, mas foi o Inter que voltou a levar perigo para o Cruzeiro. Aos 37, William cobrou falta próximo à meia-lua da grande área e obrigou o goleiro Deivity a saltar para tapear para o lado. Seis minutos depois, a defesa saiu errada, Nico López cortou para o meio na entrada da área e bateu rasteiro. Deivity fez a ponte e encostou na bola, mas não conseguiu evitar o segundo: Inter 2x0.

 

Inter administra e aproveita para preservar atletas

 

Com a vantagem no placar, o Colorado voltou para o segundo tempo com Seijas no lugar de Carlinhos e aguardando o Cruzeiro no campo defensivo para partir em rápidos contra-ataques. Porém, também tinha dificuldades para furar o bloqueio da equipe de Cachoeirinha. Aos 15 min, Antônio Carlos Zago retirou Roberson, que havia iniciado na vaga do lesionado D’Alessandro, para a entrada de Valdívia.

 

O time mandante seguiu pressionando, mas sem conseguir furar o bloqueio defensivo do Inter. Aos 30, Brenner invadiu a área e, sem ângulo, bateu forte. A bola passou pelo goleiro e Sander salvou em cima da área. Três minutos depois, Valdívia chutou próximo ao travessão cruzeirense.

 

Até o final da partida, a situação não se alterou. O Cruzeiro buscava o ataque, mas sem conseguir criar gols. Já o Inter esperava para contra-atacar, mas sem conseguir ampliar.

 

Campeonato Gaúcho – Quartas de final

 

Cruzeiro 0

Deivity; John Lennon, Dão, Vladimir e Sander; Ben-Hur, Lucas Martins (Matheus), Ronaldo (Reinaldo) e William Kozlowski; Alagoano (Jaderson) e Lucão.

Técnico: Ben-Hur Pereira.

 

Inter 2

Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Carlinhos (Seijas); Dourado, Edenilson, Roberson (Valdívia) e Uendel; Nico López (Carlos) e Brenner.

Técnico: Antônio Carlos Zago.

 

Gols: Victor Cuesta (26min/1ºT) e Nico López (43min/1ºT)

Cartões amarelos: Nico López (I) e Dão (C)

Arbitragem: Jean Pierre

Auxiliares: Leirson Peng Martins e Alexandro Antonio Kleiniche.

Local: Estádio Antônio Vieira Ramos (Vieirão), em Gravataí.

Inter

Fonte: Correio do Povo

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425