Rezar e ganhar: à espera da Conmebol, Chape pega Zulia

 

 

Uma decisão que começa em Luque, na manhã desta terça-feira, e termina de noite na Arena Condá. Não dá para falar sobre o duelo entre Chapecoense e Zulia, às 19h30 (de Brasília), pela última rodada do Grupo 7 da Libertadores, sem citar o posicionamento da Conmebol a respeito da escalação de Luiz Otávio na vitória em cima do Lanús. A entidade revelará no decorrer do dia - provavelmente pela manhã - se o Verdão perderá ou não os pontos conquistados em Buenos Aires, o que determinará a matemática para uma classificação nas oitavas de final.

No panorama atual, a Chapecoense está em terceiro na chave, com sete pontos e -3 de saldo, mas garante-se na próxima fase com uma vitória simples. Isso porque Nacional, líder com oito, e Lanús, que também tem sete e saldo cinco, medem forças no Parque Central, em Montevidéu. Até o Zulia, lanterna, com cinco, tem chances de avançar. Para isso, precisa triunfar em Chapecó e torcer pelo Nacional no Uruguai.

Caso a Conmebol retire os pontos da Chape e os credite para o Lanús, o grupo estará resolvido, com brasileiros e venezuelanos duelando na Arena Condá pelo terceiro lugar, que dá vaga na Copa Sul-Americana - um empate basta para o time de Mancini. Já se apenas o Verdão perder os pontos, o sonho de se classificar para as oitavas de final segue vivo, mas improvável. A Chapecoense terá que vencer, torcer por uma derrota do Lanús, e ainda assim tirar uma diferença de oito gols de saldo.

Wellington Paulista e time comemoram o primeiro da Chape contra o Lanús, marcado pelo atacante (Foto: REUTERS/Marcos Brindicci) Wellington Paulista e time comemoram o primeiro da Chape contra o Lanús, marcado pelo atacante (Foto: REUTERS/Marcos Brindicci)

 

Toda confusão teve início minutos antes da partida em Buenos Aires, na última quarta-feira, quando o delegado informou que Luiz Otávio - que acabou marcando o gol da vitória por 2 a 1 - não poderia atuar por sofrer suspensão de três jogos pela expulsão diante do Nacional - cumpriu o primeiro na final da Recopa, contra o Atlético Nacional. A Chapecoense alegou não ter sido informada oficialmente da punição e manteve a escalação. Diante do imbróglio, o clube apresentou defesa na manhã de segunda-feira na Conmebol e aguarda o parecer.

O que é certo é que Luiz Otávio não estará em campo nesta terça-feira, na Arena Condá. Por conta da suspensão, o zagueiro ficou fora da lista de relacionados. Vagner Mancini terá o retorno de Andrei Girotto, que não encarou o Lanús, na vaga de Moisés Ribeiro. Na defesa, Nathan atuará ao lado de Grolli. Na estreia dos dois times na Libertadores, a Chape venceu o Zulia em Maracaibo, por 2 a 1.

Chapecoense x Zulia

Data e horário: 23 de maio de 2017, às 19h30 (de Brasília)

Local: Arena Condá, em Chapecó, SC

Competição: Libertadores da América, Grupo 7, última rodada

 

Chapecoense: Jandrei, Apodi, Grolli, Nathan e Reinaldo; Girotto, Luiz Antonio e João Pedro; Rossi, Wellington Paulista e Arthur.

Chap

Fonte: Por Cahê Mota, Chapecó, SC

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425