Colheita de trigo é 30% menor do que a última safra no Oeste

 

(Foto: Nadia Michaltchuk)

 

A colheita de trigo já começou no Oeste de Santa Catarina. Neste ano, os produtores da região tiveram o maior prejuízo registrado nos últimos anos. A Epagri estima que a produção de trigo deve ser de 163 toneladas, 30% a menos do que na última safra, quando foram colhidas 229 mil toneladas na região.  

A lavoura do trigo exige frio intenso para produzir. Por isso, é cultivado no inverno. Na região, o plantio acontece geralmente na metade de junho e a colheita em novembro. Devido às fortes chuvas nos meses de maio e junho, os produtores tiveram que adiar o plantio por cerca de 15 dias.

Segundo a Epagri/Ciram, os meses de maio e junho registraram o maior volume de chuva dos últimos 48 anos na região. Somente em maio choveu 404,6 mm. Isso representa 4 vezes mais do que a média. Nos meses seguintes, quando o frio deveria predominar, um calor fora de época afetou a lavoura. A instabilidade climática causou prejuízos aos produtores rurais.

Exemplo disso é o produtor Valmor Zanrosso, morador da Linha Anes, em Guatambu. No inverno, Zanrosso plantou 35 hectares de trigo em sua propriedade. Para isso, ele precisou de 40 sacos de trigo por hectare. Cada saco de trigo custa R$ 30,00, o que significou um investimento de R$ 1.200,00 por hectare. Ao todo, Zanrosso amarga a perda de prejuízo de 50%, ou seja, aproximadamente R$ 20 mil.

“A colheita foi muito ruim, com pouco rendimento e sem nenhuma expectativa de qualidade. Nós investimos, plantamos, adubamos e tratamos, mas o clima não colaborou e o prejuízo veio”, lamenta Zanrosso.

Nos anos anteriores, Zanrosso conta que a situação foi melhor. Já em 2018, o produtor afirma que não vai mais plantar trigo. “No próximo ano eu não vou plantar porque além da instabilidade climática, a exportação de trigo para a região é outro fator de desvalorização”, conclui. 

 

 

Trigo

Fonte: Diário Catarinense

Linha
Player de Streaming

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425