Desavença entre empresários atrapalha ida de Aránguiz à Alemanha

 

 

 

 

 

Uma desavença entre empresários atrapalha a ida de Charles Aránguiz para o Bayer Leverkusen, da Alemanha. O representante do clube alemão André Cury entrou em litígio com Delcyr Sonda, dono de 50% dos direitos do volante e por isso a negociação estaria travada. 

 

O desentendimento ocorreu durante a transferência de Neymar para o Barcelona. Na época, o grupo DIS, comandado por Sonda, participava da negociação, enquanto Cury era um dos advogados do craque brasileiro. As tratativas foram concluídas, mas deixaram um clima ruim entre os dois empresários. 

 

Como se não bastasse a desavença entre empresários, o Bayer, clube da preferência de Aránguiz e com o qual o volante já acertou salários, fez uma proposta considerada pequena para os padrões do Inter, que gostaria de receber uma proposta de 15 milhões de euros. 

 

O clube que mais se aproximou da cifra foi Leicester, da Inglaterra. O time já teria oferecido uma proposta de 14 milhões de euros e salários ainda mais vantajosos para Aránguiz. No entanto, o volante gostaria de seguir para a Alemanha. 

 

De acordo com Jorge Machado, empresário que participou de uma reunião no Beira-Rio para levar propostas por Aránguiz e Geferson, a oferta do Olympique de Marselha estaria bem longe do desejo colorado. Dessa forma, a França aparece como um destino improvável para Aránguiz.   

 

Correio do Povo / Foto: Marcos Bezerra / Futura Press / Folhapress / CP Memória

Thumb

Fonte: Correio do Povo

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425