PLANTÃO CONEXÃO CULTURA AM

 

Entre 1º de outubro de 2017 e 31 de janeiro de 2018, a Polícia Militar Ambiental de Chapecó realizou inúmeras operações náuticas, objetivando coibir a prática de pesca predatória mediante a utilização de petrechos não permitidos, durante o período de defeso.

Antes do início do período da Piracema a Polícia Militar Ambiental já vinha desenvolvendo ações de conscientização aos ribeirinhos, pescadores e veranistas, diante disso, obteve-se resultados satisfatórios, havendo a diminuição considerável de material não permitido apreendido e recolhido.

Neste período 5.550 metros de redes, além de outros petrechos (espinhéis, molinetes e esperas de galhos), foram retirados dos rios e recolhidos.

Ocorreram 02 flagrantes de pesca durante o período, os autores foram responsabilizados conforme preceitua a legislação ambiental vigente.

As fiscalizações náuticas terão continuidade durante o ano todo, objetivando coibir ações predatórias nos rios e lagos, a Polícia Militar Ambiental conclama a comunidade em geral para que denuncie os casos de pesca ilegal, a fim de preservar a vida aquática.

MATERIAIS DE PESCA APREENDIDOS

ANO DE 2015/2016
Redes 8.700 metros
Tarrafas 05
Molinetes 3
Espinhéis 02 – 180 metros
Embarcação Apreendida 00

ANO DE 2016/2017
Redes 6.300 metros 
Tarrafas 02
Molinetes 00
Espinhéis 02 – 140 metros
Embarcação Recolhida 01 de madeira

ANO DE 2017/2018
Redes 5.550 metros
Tarrafas 01
Molinetes 24
Espinhéis 300 metros
Embarcação Recolhida 00

Também foram realizadas duas autuações, por flagrante de pesca no período da piracema 2017/2018.

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

 

Fonte/Fotos: Polícia Militar Ambiental

Pma

Fonte: Polícia Militar Ambiental

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425