Veja quais entidades de SC serão beneficiadas pelo Criança Esperança

 

Quatro entidades catarinenses foram selecionadas para receber apoio do Criança Esperança. Duas no Sul do estado, uma no Vale do Itajaí e outra no Oeste. São elas o projeto Bairro da Juventude, de Criciúma, a Combemtu, de Tubarão, o Verde Vida Programa Oficina Educativa, de Chapecó e a Associação Náutica de Itajaí.

Saiba quais projetos receberão doações do Criança Esperança

Bairro da Juventude

Em Criciúma, será beneficiado pelo Criança Esperança o projeto Bairro da Juventude que atende 1,6 mil crianças e adolescentes há 70 anos. No local, são oferecidos cursos profissionalizantes, educação infantil, ensino fundamental, e várias oficinas de cultura e esporte.

Entre cafés, almoço e jantar são servidos aproximadamente cinco mil refeições todos os dias. São 130 quilos de carne, 80 quilos de arroz e 900 pães, que para muitas crianças é a última refeição do dia.

Combemtu

Em Tubarão, Combemtu, a Associação de Atendimento à Criança e Adolescente, também será beneficiada.

A entidade surgiu há 40 anos depois de uma enchente que deixou quase 200 mortos na cidade. A população também precisava de apoio para se reerguer. A instituição trouxe esse auxílio para quem não tinha condições. Hoje, a associação vive de doações.

O local dá oportunidade para as crianças e adolescentes através da educação, cultura e esporte, com aulas de capoeria, de dança e até de Boi de Mamão.

 

Projeto Verde Vida

O Verde Vida Programa Oficina Educativa é uma associação que atua desde 1994 em Chapecó, fortalecendo vínculos e a convivência educativa, além de atuar na área ambiental.

A entidade atende cerca de 150 jovens em situação de vulnerabilidade, entre 10 e 17 anos. No local, são oferecidas oficinas socioeducativas, com atividades lúdicas, de formação pessoal. As atividades são para reforço escolar e integração ao mercado de trabalho.

O Verde Vida faz coleta seletiva de materiais recicláveis em busca da autossuficiência financeira. Com isso, gera emprego e renda na região carente dos bairros São Pedro e Bom Pastor.

Associação Náutica de Itajaí

Fundada em janeiro de 2002, a Associação Náutica de Itajaí (ANI) nasceu do sonho de Vilmar e Higina Brás. O casal de velejadores de Itajaí, depois de dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro, construiu um local para reunir jovens, transmitir os fundamentos da educação ambiental e resgatar a cultura náutica de Itajaí.

A ANI já atendeu mais de 5 mil jovens com atividades de remo, vela, canoagem e educação ambiental. Em 2004, a associação foi decretada entidade de Utilidade Pública Municipal e atende cerca de 350 crianças por mês no Projeto Navegando pela Cidadania. No local, crianças que estudam em escolas públicas, recebem aulas de esportes náuticos gratuitamente.

 

Canto

Fonte: NSC TV

Linha
Player de Streaming

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425