Julgamento de acusada de matar grávida será definido

O julgamento da mulher que confessou ter assassinado uma grávida para roubar o bebê em Canelinha, na Grande Florianópolis, será definido na próxima semana, em Tijucas. A audiência que pode mandar a acusada a Júri Popular está marcada para o dia 16 de março, às 13h30min e será on-line, por conta da pandemia de Covid-19.

 

Durante a sessão, que deve contar com a participação da autora confessa, serão ouvidas testemunhas de defesa e de acusação, assim como o perito criminal responsável pelo laudo que atestou sanidade mental da ré. 

Segundo o advogado da acusada, Rodrigo Goulart, o julgamento final deve ocorrer dentro do prazo de um ano, já que a defesa não pretende recorrer.

“O juiz muito provavelmente vai pronunciar ela no dia 16, ou seja, mandar a Júri Popular. Depois, a defesa tem a possibilidade de recorrer, mas a gente entende que não é viável e vai deixar o processo fluir para que o plenário do júri ocorra com brevidade”, explicou. 

 

A mulher, que não teve a identidade revelada por conta da Lei de Abuso de Autoridade, segue presa em Florianópolis. Ela foi detida em flagrante depois de levar a criança recém-nascida ao hospital, com ferimentos nas costas. Ela deve responder por crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio, subtração de incapaz, ocultação de cadáver e fraude processual.

Julgamento

Fonte: OESTE MAIS

Linha
Player de Streaming

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425