Chapecoense perde na abertura do returno

Há seis partidas invicta, a Chapecoense não foi páreo para o Coritiba, que emplaca três vitórias consecutivas, no Couto Pereira. Com gol do atacante Henrique Almeida, o Verdão paranaense bateu o Verdão catarinense por 1 a 0 em jogo válido pela abertura do returno da Série A do Campeonato Brasileiro na manhã deste domingo (23).

Com o triunfo, o Coxa vai a 21 pontos, sobe uma posição, mas continua na zona de rebaixamento. É décimo sétimo colocado. Já o Furacão do Oeste, com o revés, permanece com 28 pontos e na nona colocação.

Na próxima rodada, no domingo (30), às 16h, a Chapecoense recebe o Corinthians na Arena Condá. Antes disso, na quarta (26), também na Arena Condá, encara a Ponte Preta pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. Já o Coxa volta a campo no Brasileirão também no próximo domingo, mais uma vez às 11h, quando enfrenta o Grêmio em Porto Alegre.

O jogo

Equilibrado, disputado no meio de campo, o duelo deste domingo foi de raras chances de gol. A primeira do jogo foi só aos 17 minutos, quando Lúcio Flávio pegou rebote e, há dois metros da grande área, arriscou o chute. Danilo defendeu. O troco da Chapecoense veio logo em seguida. Primeiro Ananias chutou forte e Wilson defendeu. Depois, no rebote, Roger tentou de cabeça para nova defesa do arqueiro paranaense. Quase.

Se a Chapecoense ficou no quase, o Coritiba não. Aos 23 minutos, Henrique Almeida recebeu cruzamento, cominou e fuzilou a meta defendida por Danilo: 1 a 0.

Pouco criativa, Chapecoense não consegue reação

Com início de segundo tempo morno, o técnico Vinicius Eutrópio resolveu povoar o meio de campo e apostar na entrada de dois meias. Wagner e Camilo substituíram os atacantes Tiago Luis e Ananias. Aos 16 minutos, Camilo cobrou falta e mandou a esquerda da meta defendida por Wilson. Mas foi o Coritiba quem quase marcou novamente. Aos 24 minutos, Marcos Aurélio recebeu na direita e levantou a bola na área. No segundo poste, de frente para o gol, Ruy pegou mal e desperdiçou grande oportunidade.

A Chapecoense, que ainda teve a entrada do meia Maranhão na vaga do volante Gil, buscou a reação. Aos 32, Wagner escorou cruzamento e mandou a direita de Wilson. Depois, no último minuto de jogo, mais uma vez Wagner, desta vez de fora da área, mais uma vez para fora.

Chape

Fonte: Tudo Sobre Chapecó

Linha

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425