Exclusivo: Homem é condenado a 150 anos d

 

 

 

 

Concórdia – O juiz  Kledson Gewehr, da Vara Criminal, realizou nesta sexta-feira a maior condenação já aplicada pela Comarca de Concórdia. Um réu que responde pelo crime de receptação, adulteração de veículos, além de outras irregularidades terá que cumprir uma pena de 150 anos de cadeia. O processo tramita desde 2007, quando a Polícia Civil de Concórdia deflagrou uma megaoperação que contou com a presença da Polícia Militar, Ministério Público, Diretoria Estadual de Investigação Criminal (DEIC) e Instituto Geral de Perícias.

 

Diomar Sgarbossa, conhecido como “Bicheirinho” foi flagrado em 2007 com vários veículos de procedência suspeita. Além disso, ele estaria receptando os carros furtados e adulterando os números originais de fábrica. Na época foram apreendidos quase 50 carros, todos com algum tipo de irregularidade. O delegado responsável por conduzir o inquérito naquele período, Glademir Langa, confirmou que Sgarbossa era um dos principais suspeitos de envolvimento com o comércio de carros adulterados de Concórdia.

 

Conforme as informações repassadas pelo gabinete do juiz, o réu terá que cumprir a pena no regime fechado e foi condenado 27 vezes por adulteração e 16 vezes por receptação qualificada. De acordo com as informações repassadas pelo gabinete do juiz, o réu terá que cumprir 1/6 da pena para obter a progressão do regime, ou seja, terá que cumprir em regime fechado um total de 25 anos e um mês de cadeia. O mandado de prisão foi cumprido na tarde desta sexta-feira e o réu foi encaminhado ao Presídio Regional de Concórdia.

 

Veja a sentença:

 

CONDENAR o acusado DILMAR SGARBOSSA, já qualificado,

ao cumprimento da pena de 150 (cento e cinquenta) anos e 06 (seis) meses de reclusão, emregime inicial fechado, bem como ao pagamento de 430 (quatrocentos e trinta) dias multa,

cada um no valor de 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo vigente à época dos fatos,por infração ao disposto no art. 180, § 1.°, por 16 (dezesseis) vezes, e art. 311, por 27 (vinte e

sete) vezes, na forma do art. 69, todos do Código Penal.

 

Atual FM

03 610x250

Fonte: Atual FM

Linha
Player de Streaming

Todos os direitos reservados. Rádio Cultura de Xaxim Ltda.              49 3353.2425